Premiê de Israel vê "muitos" países seguindo decisão de Trump

EUA reconheceram Jerusalém como capital israelense

Nenanyahu no Ministério das Relações Exteriores de Israel
Nenanyahu no Ministério das Relações Exteriores de Israel REUTERS/Ronen Zvulun/07.12.2017

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse nesta quinta-feira (7) que "muitos" países seguirão os Estados Unidos em reconhecer Jerusalém como capital israelense e que contatos neste sentido já estão sendo feitos.

Falando no Ministério das Relações Exteriores de Israel, Netanyahu não citou quais seriam esses países. Ele disse que alguns podem transferir suas embaixadas de Tel Aviv para Jerusalém antes da mudança da embaixada dos EUA, que o governo do presidente norte-americano, Donald Trump, disse esperar que levará alguns anos.