Novo Coronavírus

Internacional Presidente da Alemanha recebe primeira dose da vacina de Oxford

Presidente da Alemanha recebe primeira dose da vacina de Oxford

Gesto visa dar confiança à população, uma vez que a aplicação do imunizante foi suspensa em pessoas com menos de 60 anos

Frank-Walter Steinmeier afirmou confiar em todas as vacinas autorizadas no país

Frank-Walter Steinmeier afirmou confiar em todas as vacinas autorizadas no país

Steffen Kugler / EFE / EPA - 01.04.2021

O presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, recebeu nesta quinta-feira (1º) a primeira dose da vacina de Oxford, em um gesto que visa dar confiança à população, após decisão das autoridades de o país de não aplicar o imunizante nas pessoas com menos de 60 anos.

"Confio em todas as vacinas autorizadas na Alemanha", garantiu o chefe de Estado, por meio de comunicado em que foi divulgada a informação da aplicação do da primeira dose de Steinmeier, em um hospital militar de Berlim.

"A vacinação é um passo decisivo para sairmos da pandemia", acrescentou o presidente, que tem 65 anos, faixa etária que é alvo da campanha de imunização do estado federado de Berlim.

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, de 66 anos, disse dois dias atrás que está disposta a receber a vacina "quando chegar a sua vez".

O governo federal e os líderes regionais entraram em acordo na terça-feira (30) para suspender a aplicação do imunizante em pessoas com menos de 60 anos, devido reações detectadas em pessoas imunizadas. Foram identificados cerca de 30 casos de trombose, principalmente, em mulheres, sendo que nove delas morreram.

Na Alemanha, a campanha de vacinação vem apresentando lentidão e problemas de logística. Até o momento 9,6 milhões de pessoas receberam ao menos a primeira dose de alguma das vacinas, o que representa 11,6% da população. Já 4,1 milhões de pessoas já receberam a segunda dose.

Últimas