Novo Coronavírus

Internacional Presidente de Gana recebe 1ª dose de vacina anticovid do Covax

Presidente de Gana recebe 1ª dose de vacina anticovid do Covax

Sistema tem como objetivo fornecer vacinas para 20% da população de quase 200 países e territórios participantes

  • Internacional | Da AFP

Presidente de Gana recebe primeira dose de vacina anticovid do Covax

Presidente de Gana recebe primeira dose de vacina anticovid do Covax

Francis Kokoroko/Reuters - 15.9.2020

O presidente de Gana, Nana Akufo-Addo, tornou-se, nesta segunda-feira (1), a primeira pessoa no mundo a receber uma injeção da vacina contra a covid-19 financiada pelo Covax, o dispositivo que visa garantir o imunizante aos países menos favorecidos.

O presidente, de 76 anos, cujo país recebeu a primeira entrega mundial de vacinas Covax na quarta-feira passada, recebeu uma primeira dose da vacina Oxford/AstraZeneca, segundo imagens transmitidas ao vivo pela televisão estatal.

"É importante dar o exemplo, mostrando que a vacina é segura, sendo a primeira pessoa a recebê-la, para que todos em Gana se sintam confortáveis ao serem vacinados", disse o chefe de Estado em um discurso. 

O sistema Covax pretende proporcionar este ano vacinas contra a covid-19 para 20% da população de quase 200 países e territórios participantes e inclui também um mecanismo de financiamento que permite a 92 economias de renda baixa e média acessarem as doses.

O Covax, fundado pela OMS, Aliança para as Vacinas (Gavi) e pela Coalizão para a Inovação na Preparação contra Epidemias (Cepi), foi criado em uma tentativa de evitar que os países ricos acumulem as doses que continuam sendo produzidas em quantidades muito pequenas para satisfazer a demanda mundial.

O sistema Covax tem como objetivo fornecer vacinas contra a covid-19 para 20% da população de quase 200 países e territórios participantes e também inclui um mecanismo de financiamento que permite que 92 economias de baixa e média renda tenham acesso às doses. 

O mecanismo foi criado na tentativa de evitar que os países ricos se apoderem de todas as doses - que ainda estão sendo produzidas em quantidades muito pequenas para atender à demanda global. 

O Covax, fundado pela OMS, a GAVI Alliance e a Coalizão para Inovações em Preparação para Epidemias (Cepi), tem acordos com fabricantes para dois bilhões de doses até 2021 e tem potencial para comprar mais um bilhão.

Últimas