Novo Coronavírus

Internacional Primeira-ministra da Noruega é multada por infringir isolamento

Primeira-ministra da Noruega é multada por infringir isolamento

Punição aconteceu após Erna Solberg organizar a celebração do seu aniversário com mais pessoas do que o permitido no país

Erna Solberg recebeu 13 convidados em jantar de aniversário

Erna Solberg recebeu 13 convidados em jantar de aniversário

Stian Lysberg Solum / NTB / AFP

A primeira-ministra norueguesa Erna Solberg foi multada nesta sexta-feira (9) por infringir suas próprias normas anti-covid-19 ao organizar, em um ciclo familiar muito amplo, um jantar para seu 60º aniversário, no qual ela mesma não participou.

A polícia chegou à conclusão de que o jantar organizado por e, em parte, para Solberg superou o número permitido de convidados, e impôs uma multa de 20.000 coroas norueguesas (cerca de R$ 13,2 mil) à popular lider de centro-direita, mencionando que é preciso dar o exemplo.

"Apesar da lei ser a mesma para todos, nem todos são iguais", declarou o comissário Ole Sæverud em coletiva de imprensa.

Em 25 de fevereiro, 13 membros de sua família jantaram em um restaurante de Geilo, enquanto as normas limitavam  o número de participantes em um evento privado em um espaço público para 10.

Solberg não participou porque teve que ir ao hospital por problemas nos olhos, mas a polícia manteve sua responsabilidade na organização do evento.

Após a revelação do episódio, a chefe de governo pediu desculpas publicamente e afirmou estar disposta a pagar a multa.

Últimas