Eleições EUA 2020

Internacional Primeiras urnas apuradas mostram disputa acirrada pela Casa Branca

Primeiras urnas apuradas mostram disputa acirrada pela Casa Branca

Apuração mostra o candidato democrata na liderança da disputa, com 85 delegados, contra 61 do atual presidente

  • Internacional | Do R7, com EFE

Trump e Bidem disputam vaga na Casa Branca

Trump e Bidem disputam vaga na Casa Branca

Montagem/R7 - Tom Brenner/Reuters

Poucas horas após o fechamento das urnas nos Estados Unidos, os primeiros resultados indicam um cenário acirrado na disputa presidencial entre o atual presidente, Donald Trump (Republicanos), e o ex-vice-presidente Joe Biden (Democratas).

Acompanhe a apuração dos votos da eleição nos EUA

Trump ganhou os pleitos nos estados de Indiana, Kentucky, Oklahoma, Mississipi, Alabama, Tennessee, West Virginia e Carolina do Sul, enquanto Biden levou a melhor em Vermont, Massachusetts, Connecticut, Nova Jersey, Delaware, Maryland, Virgínia e Illinois.

Mapa de apuração da eleição presidencial americana às 22h

Reprodução/AP

Com as apurações atuais, realizadas até as 22h de Brasília, o democrata lidera a disputa com 85 delegados (16.537.897 votos), contra 61 (19.934.363 votos) do atual presidente. Para chegar à presidência dos Estados Unidos, é necessário conquistar 270 delegados no colégio eleitoral.

Neste momento, as expectativas estão voltadas para as apurações na Flórida e na Geórgia, considerados estados decisivos, já que seus resultados podem mover o pêndulo para entregar a Casa Branca a algum dos candidatos. Outros estados muito disputados são Pennsylvania, Michigan, Wisconsin, Carolina do Norte, Arizona e Texas.

Às 23h pelo horário de Brasília, a maior parte da região central inicia a apuração das urnas. Isto inclui outros grandes colégios eleitorais como Texas e Illinois, além do Alabama, Mississippi, Missouri, Kansas, Oklahoma e Dakota do Sul. Nova York também encerra a votação neste horário.

Os últimos estados a fecharem as urnas serão os da costa oeste, além de Havaí e Alasca. Na Califórnia, a votação termina à 1h de quarta-feira (4), no horário de Brasília. O Alasca encerra às 3h.

Devido ao número recorde de mais de 100 milhões de eleitores que votaram pelos correios ou antecipadamente, o resultado destas eleições pode ser mais demorado do que nos pleitos anteriores.

Últimas