Novo Coronavírus

Internacional Putin será vacinado contra covid-19 longe das câmeras

Putin será vacinado contra covid-19 longe das câmeras

Kremlin não especificou se presidente será vacinado com a Sputnik V, principal fármaco russo, ou outra vacina desenvolvida no país

Putin será vacinado longe das câmeras

Putin será vacinado longe das câmeras

Sputnik/Alexei Druzhinin/Kremlin via REUTERS - 22.3.2021

O presidente russo, Vladimir Putin, será vacinado nesta terça-feira à noite (23) contra a covid-19 com uma das três vacinas desenvolvidas por seu país, mas o ato será privado - anunciou o porta-voz do Kremlin. 

"O presidente ainda não foi vacinado, mas planejamos para o final do dia, à noite", disse Dmitri Peskov à imprensa.

"Não vamos mostrar. Terão que acreditar em nossa palavra", completou, antes de afirmar que o presidente "não gosta de ser vacinado diante das câmeras".

Peskov tampouco especificou se Putin será vacinado com a Sputnik V, o principal fármaco desenvolvido por Moscou contra a covid-19, ou com outra das duas vacinas desenvolvidas no país.

"Será uma das três, não vamos falar qual", disse Peskov, antes de elogiar a "eficácia e confiabilidade" das vacinas.

Putin, 68 anos, afirmou na segunda-feira que seria vacinado nesta terça-feira. O anúncio era muito esperado desde dezembro, quando o país iniciou a campanha de vacinação da população.

Muitos líderes mundiais já foram vacinados contra o coronavírus, entre eles o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, o papa Francisco e a rainha Elizabeth II.  

Alguns receberam as doses diante das câmeras para passar uma mensagem de confiança na ciência. 

Apesar do êxito de sua vacina Sputnik V, aprovada em 56 países, a Rússia tem uma campanha de imunização lenta, pois grande parte de sua população desconfia do fármaco. 

Até o momento, apenas quatro milhões de russos receberam duas doses da vacina, e outros dois milhões, a primeira dose - ou seja, 4% da população -, longe das taxas dos Estados Unidos, ou do Reino Unido. 

Últimas