Recuperado da covid-19, presidente de Honduras deixa o hospital

Juan Orlando Hernández estava internado em um hospital da capita, Tegucigalpa, desde o dia 16 de junho; agora, seguirá a recuperação em casa

Juan Orlando Hernández deixa o hospital onde estava internado em Tegucigalpa

Juan Orlando Hernández deixa o hospital onde estava internado em Tegucigalpa

Divulgação via EFE - EPA - 2.7.2020

O presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, se recuperou da covid-19, e nesta quinta-feira (2) recebeu alta do Hospital Militar de Tegucigalpa, com a recomendação de ficar isolado em sua residência e seguir um protocolo sanitário por conta do coronavírus, relatou o próprio governante.

Hernández agradeceu a todos que trabalharam para sua recuperação, bem como líderes estrangeiros que expressaram sua solidariedade, e disse que continuará trabalhando em casa na luta contra a pandemia, que até agora deixou pelo menos 542 mortos e 20.262 infecções em seu país.

Duas semanas no hospital

O presidente foi hospitalizado no dia 16 de junho, após sentir desconforto no corpo e que os exames laboratoriais de PCR realizados confirmaram um resultado positivo para infiltrações pulmonares, de acordo com relatórios médicos.

Além disso, ele apresentou um quadro de pneumonia, enquanto sua esposa, Ana García, que também contraiu a doença, é assintomática e não foi hospitalizada, sendo recomendada a seguir o tratamento em casa.

A médica Alicia Jiménez, do Hospital Militar, disse que Hernández mostrou nos últimos dias uma "melhoria gradual e clara de seu estado geral, com uma diminuição nos sintomas respiratórios e uma diminuição significativa em seus marcadores inflamatórios nos testes laboratoriais".

Ela acrescentou que o presidente deve em casa permanecer com a recomendação de continuar com medicamentos e cuidados gerais, cumprindo o isolamento em casa, seguindo protocolos médicos e aguardando seu teste de controle por PCR.