Internacional Reino Unido convoca embaixador do Irã pela captura de navio britânico

Reino Unido convoca embaixador do Irã pela captura de navio britânico

Reunião do comitê de emergência 'Cobra', integrado pelos principais ministros britânicos para abordar a crise em Ormuz acontecerá neste sábado (20)

Reino Unido convoca embaixador do Irã pela captura de navio britânico

Stena Impero foi apreendido pela Guarda do Irã

Stena Impero foi apreendido pela Guarda do Irã

Stena Bulk/Reuters - 19.7.2019

O Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido convocou neste sábado (20) o embaixador do Irã em Londres, Mohsen Omidzamani, após a captura do petroleiro Stena Impero no estreito de Ormuz, confirmou uma porta-voz da Chancelaria britânica à agência EFE.

O governo pediu às embarcações do Reino Unido que permaneçam fora de Ormuz por um "período provisório", depois que o petroleiro de bandeira britânica foi retido ontem pelo Irã.

A porta-voz não deu detalhes sobre a convocação do diplomata iraniano, que, segundo os veículos de imprensa, foi feita por um secretário de Estado britânico.

Está previsto que o governo convoque para esta tarde uma reunião do denominado comitê de emergência "Cobra", integrado pelos principais ministros, para abordar a crise em Ormuz.

O ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Jeremy Hunt, manifestou sua "preocupação" com este incidente e ressaltou que isto evidencia que Teerã escolheu um "caminho perigoso" com o seu comportamento "ilegal e desestabilizador".

Irã detém petroleiro britânico

O petroleiro Stena Impero, com bandeira britânica, perdeu contato com seu operador ontem à tarde, depois de receber o aviso de que várias embarcações não identificadas e um helicóptero se aproximavam da embarcação.

As autoridades do Irã relacionaram esta detenção com a do petroleiro iraniano Grace I, retido há mais de uma semana em Gibraltar com a suspeita que que transportava petróleo à Síria, violando sanções impostas pela União Europeia (UE).

O operador do Stena Impero informou que o petroleiro cumpria "plenamente" com todas as regulações sobre a navegação internacional quando foi interceptado no estreito de Ormuz.

Segundo a Stena Bulk, empresa proprietária do navio, não há feridos entre os 23 membros da tripulação, de diversas nacionais, mas nenhum britânico.

O Stena Impero, de 30 mil toneladas, tinha zarpado dos Emirados Árabes Unidos e se dirigia a um porto da Arábia Saudita.