Reino Unido

Internacional Reino Unido diz que dois britânicos morreram no atentado em Cabul

Reino Unido diz que dois britânicos morreram no atentado em Cabul

Ataque à bomba reivindicado por milicianos do Estado Islâmico deixou ao menos 161 mortos na capital do Afeganistão

Reuters - Internacional
Atentado foi realizado nas proximidades do aeroporto de Cabul

Atentado foi realizado nas proximidades do aeroporto de Cabul

Wakil Kohsar / AFP - 26.8.2021

Dois cidadãos britânicos e o filho de um terceiro foram mortos no ataque de quinta-feira (26) perto do aeroporto de Cabul, afirmou o secretário das Relações Exteriores do Reino Unido, Dominic Raab, nesta sexta-feira (27). Outros dois cidadãos britânicos ficaram feridos no ataque, acrescentou Raab.

Leia também: Como o atentado em Cabul colocou os EUA e o Talibã no mesmo lado

"Estas eram pessoas inocentes, e é uma tragédia que, quando buscavam trazer seus entes queridos em segurança ao Reino Unido, tenham sido assassinadas por terroristas covardes", disse Raab em um comunicado.

O ataque perto do aeroporto, que matou 161 pessoas, entre elas 13 militares norte-americanos, foi reivindicado por militantes do Estado Islâmico. O Estado Islâmico Khorosan, braço afegão do Estado Islâmico, emerge como inimigo tanto do Ocidente quanto do Taliban.

"O ataque desprezível de ontem sublinha os perigos enfrentados por aqueles no Afeganistão e reforça por que estamos fazendo tudo que podemos para tirar as pessoas", afirmou.

Leia também: Biden diz que EUA irão 'caçar' autores de atentados em Cabul

Mais cedo nesta sexta-feira, o secretário de Defesa do Reino Unido, Ben Wallace, disse que o país não aceitará mais pessoas em voos partindo de Cabul além daquelas já dentro do aeroporto.

Wallace disse que seu país está preparando as últimas mil pessoas dentro do campo aéreo nesta sexta-feira, agora que encerra sua presença de 20 anos no Afeganistão.

Últimas