Internacional República Dominicana reporta circulação de variante brasileira

República Dominicana reporta circulação de variante brasileira

Autoridade de Saúde do país recomendam testes de PCR nos aeroportos para monitorar a entrada de novas cepas

  • Internacional | Do R7

República Dominicana identifica variante brasileira do novo coronavírus pela primeira vez

República Dominicana identifica variante brasileira do novo coronavírus pela primeira vez

EFE/EPA/MARTIN DIVISEK/Arquivo

A República Dominicana informou neste sábado (29) que o país já registra a circulação das variantes brasileira (P.1) e britânica (B.1.1.7) do coronavírus Sars-CoV-2, causador da covid-19.

A variante P.1 foi identificada em viajantes do Brasil que foram avaliados durante um controle de rotina em um aeroporto no Japão, explicou o Ministério da Saúde Pública dominicano em comunicado.

O governo destacou que ambas as variantes são consideradas de "alto nível epidemiológico" e foram confirmadas nas províncias de Dajabón (na fronteira com o Haiti), Hermanas Mirabal e San Cristóbal, a 30 quilômetros de Santo Domingo.

Outras variantes que circulam no país já foram reportadas nessas três localidades e em outras 19 províncias.

O Ministério da Saúde Pública recomendou que as autoridades correspondentes solicitem testes de PCR aos passageiros que chegam ao país por aeroportos e outros pontos, de modo a monitorar a entrada de novas variantes ainda não existentes em solo dominicano.

O país vive um aumento de casos de covid-19 na capital e na província de Santo Domingo, motivo pelo qual o governo endureceu as medidas de restrição como o toque de recolher e a venda de bebidas alcoólicas.

De acordo com o boletim mais recente, divulgado na sexta-feira passada, a República Dominicana totaliza 47.050 casos de covid-19 desde o início da pandemia, entre eles 3.623 mortes por complicações decorrentes da doença.

Últimas