“Rifle de guerra” e pistolas usadas por atirador seriam da mãe dele

Massacre em escola infantil nos EUA fez 28 vítimas

O rifle Bushmaster.223 M4 e as pistolas Sig Sauer e Glock encontradas na escola Sandy Hook seriam da mãe do suspeito de ter matado 20 crianças e seis adultos na última sexta-feira (14), em Newtown, Connecticut, nos Estados Unidos.

Segundo o diário The New York Times, oficiais de Justiça teriam encontrado licenças de uso de armas dos mesmos modelos registradas no nome de Nancy Lanza, 52, mãe de Adam Lanza, 20. Ambos foram encontrados mortos na manhã desta sexta-feira.

Ainda não se sabe se ela foi assassinada por Adam na casa deles ou se o homicídio foi praticado na escola, junto com as crianças.

Já o corpo de Adam foi encontrado na escola. Autoridades acreditam que ele tenha se suicidado depois de disparar contra os alunos da Sandy Hook.

O rifle carregado pelo atirador é similar às armas utilizadas nas guerras do Iraque e do Afeganistão.

Testemunhas disseram ter ouvido cerca de cem disparos na escola, frequentada por quase 700 crianças de quatro a dez anos.

Ainda de acordo com o The New York Times, as autoridades norte-americanas destacaram a precisão do atirador, que teria matado as vítimas à queima-roupa.

Segundo o tenente J. Paul Vance, dezoito crianças atingidas morreram na hora e duas não resistiram no caminho para o hospital.

Obama chora ao lamentar "crime abominável"

Fotos do tiroteio que deixou dezenas de mortos em Newtown

Atiradores assustaram o mundo nos últimos anos

Os tiros foram dados em duas salas de aula. Adam Lanza foi encontrado com roupas escuras e um colete à prova de balas, segundo as emissoras locais.

O massacre

A polícia recebeu o aviso do tiroteio pouco após as aulas começarem, por volta das 9h30 locais (12h30 de Brasília). Vários alunos foram levados para o estacionamento do centro educacional por seus professores, entre gritos e choros. A prefeitura de Newton decretou o fechamento de todos os colégios da região.

Newtown, com uma população de cerca de 27 mil pessoas, fica no condado de Fairfield, no norte do Estado, cerca de 70 km a sudoeste de Hartford e 130 km a nordeste de Nova York.

O número de 28 mortes faz desse um dos piores massacres dos EUA.

A maior chacina em uma instituição de ensino norte-americana aconteceu em abril de 2007, na Universidade Virginia Tech, quando 32 pessoas foram mortas e várias ficaram feridas.

Os Estados Unidos já tiveram uma série de tiroteios em locais públicos este ano. Mais recentemente, um atirador abriu fogo em um shopping center do Oregon, matando duas pessoas, e depois se suicidou, na terça-feira.

O pior ataque ocorreu em julho em uma sessão da meia-noite de um filme do Batman, no Colorado, onde 12 pessoas morreram.

Quer ficar bem informado? Leia mais

O que acontece no mundo passa por aqui