Rússia critica retórica dos Estados Unidos sobre Coreia do Norte 

Exercícios militares podem causar escalada na tensão na península coreana

Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov
Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov Reuters/Remo Casilli 1.12.2017

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse ao secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, que os exercícios militares e a retórica agressiva dos EUA estão causando uma escalada inaceitável na tensão na península coreana, informou o Ministério das Relações Exteriores russo nesta quinta (7).

Lavrov se reuniu com Tillerson nos bastidores de uma conferência em Viena, onde discutiram o impasse sobre o programa de armas da Coreia do Norte.

"Lavrov mais uma vez ressaltou que a escalada de tensão, que resulta das manobras militares dos EUA na região da península coreana e de uma retórica agressiva, é inaceitável", disse o ministério em um comunicado descrevendo a reunião com Tillerson.

Em sua conversa com Tillerson, o chanceler "pediu uma renovação do trabalho responsável para resolver o problema nuclear na península da Coreia exclusivamente por meios diplomáticos", informou o comunicado.

Abaixo, relembre os marcos da Revolução Russa, que faz 100 anos em 2017: