Internacional Saldo de incêndios na Califórnia é de 88 mortos e 196 feridos

Saldo de incêndios na Califórnia é de 88 mortos e 196 feridos

O xerife do condado de Butte afirmou que confia nas buscas que foram realizadas e que espera que mais nenhum corpo seja encontrado

Incêndio Califórnia

As chamas foram contidas neste domingo (25)

As chamas foram contidas neste domingo (25)

Stephen Lam/Reuters - 8.11.2018

O número de mortos no incêndio florestal da Califórnia, dado como o mais violento na história recente dos Estados Unidos, foi estabilizado em 88; o saldo de desaparecidos, por sua vez, subiu para 196. As informações são do jornal USA Today.

Após três semanas, as autoridades que lideram as buscas após a devastação causada pelo chamado Camp Fire informaram, nesta quarta-feira (28), que não há riscos de uma nova fatalidade.

De acordo com o USA Today, os moradores poderão voltar para oito zonas anteriormente evacuadas, incluindo a cidade de Paradise, no ínicio da próxima semana.

"Eu confio nas buscas que foram feitas", afirmou Kory Honea, o xerife do condado de Butte, em uma entrevista coletiva. "Minha esperança é que não haja mais restos mortais a serem localizados."

Dos 88 mortos, 35 foram identificados, disseram as autoridades. 

Pior incêndio na história do estado

O fogo foi contido em 153.336 acres no domingo, segundo o Cal Fire (Departamento de Florestas e Proteção contra Incêndios da Califórnia). 

O incêndio começou no dia 8 de novembro e destruiu 18.793 estruturas, incluindo 13.972 residências.

A cidade de Paradise, com 27 mil habitantes, foi engolida pelas chamas do incêndio mais mortal e destrutivo da história da Califórnia.

O Cal Fire ainda está investigando o que causou o incêndio, mas a empresa Pacific Gas & Electric enfrentou uma investigação após ter relatado duas quedas de energia elétrica na época em que o incêndio começou.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Ana Luísa Vieira