Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Secretário-geral da ONU pede ao Hamas que liberte reféns e a Israel que desbloqueie Gaza

A Faixa de Gaza está sitiada desde o último dia 7, quando terroristas atacaram e sequestraram civis israelenses

Internacional|Do R7


Secretário-geral da ONU, António Guterres
Secretário-geral da ONU, António Guterres

O secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), António Guterres, enviou neste domingo (15) uma mensagem forte tanto ao Hamas como a Israel, para que o primeiro liberte os reféns que mantém e o segundo, que permita a chegada de ajuda humanitária à Faixa de Gaza.

"Cada um desses objetivos é válido por si mesmo. Não deveriam tornar-se moeda de troca e deveriam ser implementados porque é a coisa certa a fazer", disse Guterres em um comunicado.

O político português tem sido uma das vozes mais proeminentes no apelo a Israel para que abra a Faixa de Gaza e permita a passagem de ajuda humanitária.

O enclave, onde vivem mais de 2 milhões de pessoas, está completamente bloqueado desde 7 de outubro, sujeito a constantes bombardeios por parte das forças israelenses e na expectativa de uma invasão terrestre por parte de Israel, que se recusou a permitir a entrada de ajuda humanitária até que os reféns do Hamas sejam libertados.

Publicidade

Na sua mensagem, Guterres lembrou que as Nações Unidas têm alimentos, medicamentos e combustível disponíveis no Egito, na Jordânia, em Israel e na Cisjordânia e que podem levá-los para a Faixa de Gaza em questão de horas se a passagem de suas equipes for assegurada.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Enquanto isso, os Estados Unidos estão trabalhando com o Canadá e outros países para conseguir que o Egito, que controla a única passagem fronteiriça que não está sob o domínio israelense, permita a partida de centenas de estrangeiros e palestinos com passaporte de outros países.

O Egito, por sua vez, condicionou a abertura da passagem de Rafá à permissão da entrada de ajuda humanitária no enclave.

Neste domingo, em viagem pela região, o secretário de Estado americano, Antony Blinken, garantiu que a passagem será aberta para facilitar a chegada de ajuda humanitária aos palestinos encurralados.

Veja as ações do Exército de Israel na Faixa de Gaza neste domingo (15)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.