Novo Coronavírus

Internacional 'Sejam preguiçosos e salvem vidas', diz vídeo cômico a jovens alemães

'Sejam preguiçosos e salvem vidas', diz vídeo cômico a jovens alemães

Em meio a explosão de casos de covid-19 no país, campanha visa incentivar esta parcela da população a ficar em casa e evitar contatos desnecessários

Reuters - Internacional
Jovem ator que estreiou a campanha de conscientização

Jovem ator que estreiou a campanha de conscientização

Reprodução: YouTube

Um vídeo cômico que incentiva jovens alemães a cumprirem seu dever patriótico na guerra contra o coronavírus simplesmente ficando em casa no sofá se tornou uma sensação na internet, já tendo alcançado mais de 1 milhão de visualizações nesta segunda-feira (16).

O clipe, divulgado no momento em que a Alemanha enfrenta uma disparada de casos de covid-19, debocha ao contrastar os sacrifícios modestos exigidos dos jovens de hoje – ficar em casa e evitar contatos desnecessários –  àqueles de compatriotas mais velhos que suportaram guerras e adversidades mais duras.

Ele mostra um idoso, Anton Lehmann, refletindo sobre 2020, quando, com somente 22 anos, teve que abdicar de ir a festas, conhecer garotas e beber com os amigos.

"Quando o inimigo invisível ameaçava tudo que nos é caro, reunimos toda a nossa coragem e fizemos o que se esperava de nós, a única coisa certa", diz ele enquanto uma música empolgante aumenta ao fundo. "Nada."

A música para de repente e ele vê seu eu mais jovem prostrado no sofá fazendo um lanche. "Ficamos sentados dia e noite. O sofá era nossa frente de batalha, a paciência nossa arma", afirma.

O vídeo é parte de uma série publicada pelo porta-voz da chanceler alemã, Angela Merkel, na tentativa de induzir os jovens a fazerem sua parte para conter a disseminação do coronavírus em meio aos temores de que ele sobrecarregue o sistema de saúde do país em breve.

Em um vídeo semelhante, outro idoso diz: "De repente, não fazer nada era um serviço à sociedade: ser preguiçoso podia salvar vidas."

Assista ao vídeo, em alemão:

Últimas