Sem novos casos, Montenegro se declara 'livre' do coronavírus

País de 650 mil habitantes não registra um novo contágio de covid-19 há três semanas e diz que conseguiu 'desenraizar' o coronavírus

Barbearias como esta na capital, Pogdorica, capital de Montenegro, foram reabertas

Barbearias como esta na capital, Pogdorica, capital de Montenegro, foram reabertas

Boris Pejovic / EFE - EPA - 4.5.2020

Montenegro se declarou um "país livre" do novo coronavírus nesta segunda-feira (25), após 20 dias consecutivos de testes com resultados apenas negativos para covid-19 e sem nenhum registro oficial de caso ativo atualmente.

Veja também: Especialistas preveem segunda onda de contágio do novo coronavírus na Europa

"Somos o último país europeu a registrar um 'primeiro caso' de Covid-19, e o primeiro a conseguir desenraizar o vírus", declarou em comunicado oficial o ministro da Saúde, Kenan Hrapovic.

Quadro animador

De acordo com o Instituto de Saúde Pública montenegrino, o país — de 650 mil habitantes — não registra novos contágios desde 4 de maio. Desde que o primeiro foi diagnosticado, em 17 de março, Montenegro totaliza 324 casos.

Foram realizados 140 exames no domingo, nenhum com resultado positivo. Se a ausência de novos contágios se prolongar até alcançar 28 dias, Montenegro proclamará oficialmente o fim da epidemia em 2 de junho, anunciou o instituto.

Hrapovic agradeceu aos profissionais de saúde e à população pelo comportamento que possibilitou a evolução favorável da situação.