Internacional Síria rompe relações diplomáticas com a Ucrânia após reconhecer repúblicas separatistas no leste

Síria rompe relações diplomáticas com a Ucrânia após reconhecer repúblicas separatistas no leste

Regiões pró-Rússia de Donetsk e Luhansk foram reconhecidas pelo país no final de junho

AFP

Resumindo a Notícia

  • Rompimento das relações diplomáticas ocorreu de acordo com o princípio da "reciprocidade"
  • Até então, apenas Moscou havia reconhecido a independência de Donetsk e Luhansk
  • Ação foi tomada poucos dias antes do início da invasão na Ucrânia, em 24 de fevereiro
  • Presidente ucraniano Zelenski disse em 29 de junho que o país rompeu com a Síria
Multidão levanta bandeiras da Síria

Multidão levanta bandeiras da Síria

Guerra

A Síria anunciou nesta quarta-feira (20) o rompimento das relações diplomáticas com a Ucrânia, de acordo com o princípio da "reciprocidade", depois que o governo ucraniano tomou a mesma decisão devido ao reconhecimento sírio da independência das repúblicas separatistas pró-Rússia.

A informação foi confirmada por uma fonte do Ministério das Relações Exteriores da Síria, segundo a agência oficial de notícias SANA.

A Síria anunciou no final de junho que reconheceria a independência das repúblicas separatistas pró-Rússia de Donetsk e Luhansk, no leste da Ucrânia. Até então, apenas Moscou havia reconhecido a independência dessas duas regiões ucranianas em fevereiro, poucos dias antes do início da invasão russa no território ucraniano em 24 de fevereiro.

O presidente ucraniano Volodmir Zelenski anunciou em 29 de junho que estava encerrando as relações diplomáticas com a Síria. 

Dez anos de guerra na Síria levam multidão para as ruas do país

Últimas