Internacional Sobe para 367 o número de mortos após terremoto no sudoeste da China

Sobe para 367 o número de mortos após terremoto no sudoeste da China

Cerca de 1.400 pessoas ficaram feridas e mais de cem estão desaparecidas

  • Internacional | Do R7, com agências internacionais

Bombeiros resgatam vítimas do terremoto que ocorreu nesta madrugada na China

Bombeiros resgatam vítimas do terremoto que ocorreu nesta madrugada na China

Zhang Guangyu/XinHua/AP

Sobe para 367 o número de pessoas mortas após um terremoto atingir uma remota região no sudoeste da China neste domingo (3). O número de feridos já passa dos 1.400, e mais de cem pessoas estão desaparecidas. O fenômeno atingiu uma área montanhosa da província de Yunnan, destruindo alguns prédios, incluindo uma escola.

O tremor ocorreu por volta das 16h30 locais (5h30 de Brasília), com o centro a cerca de 12 quilômetros de profundidade e o epicentro no condado de Ludian, uma região com 439 mil habitantes e que integra a cidade de Zhaotong. O Centro de Terremotos da China registrou que o tremor teve magnitude de 6,5 na escala Richter.

As autoridades chinesas enviaram 2.500 militares e mais de 700 policiais e bombeiros à região para auxiliar as equipes de resgate, que trabalham exaustivamente para tentar encontrar sobreviventes entre os escombros, embora a forte chuva que cai na região tenha dificultado os trabalhos.

As comunicações foram gravemente afetadas, e as equipes de resgate estão correndo para o local, disse a mídia. A China é frequentemente atingida por terremotos nesta parte do país. Um terremoto em Sichuan, em 2008, matou quase 70 mil pessoas.

Cerca de 12 mil casas foram destruídas pelo terremoto e outras 30 mil foram danificadas. A estrada que chega até o local onde foi registrado o epicentro da tragégia continua interditada e ainda danificada por um deslizamento de terras que ocorreu pouco antes do terremoto de hoje.

Histórico de desastres

O histórico de terremotos na China é grande, e com diversas mortes.

Em abril de 2010: um tremor de magnitude 6,9 matou 400 pessoas e feriu 8.000 em Qinghai.
Maio de 2008: cerca de 87 mil pessoas ficaram desaparecidas ou morreram e outras 4,5 milhões foram afetadas pelo que foi considerado um dos maiores terremotos do país em décadas
Julho de 1976: Um terremoto de 8,2 na escala Richter deixou 242 mil mortos e mais  164 mil feridos
Dezembro de 1920: 230 mil pessoas morreram em um tremor de magnitude 8,5

Últimas