Internacional Sobreviventes do naufrágio na Coreia do Sul recordam que foram orientados a ficar na balsa

Sobreviventes do naufrágio na Coreia do Sul recordam que foram orientados a ficar na balsa

Para eles, os desaparecidos estariam presos no navio

Sobreviventes do naufrágio na Coreia do Sul recordam que foram orientados a ficar na balsa

Estudantes lamentam o desaparecimento de conhecidos

Estudantes lamentam o desaparecimento de conhecidos

JUNG YEON-JE/AFP

Sobreviventes da balsa que afundou nesta quarta-feira (16) na Coreia do Sul com mais de 460 à bordo disseram que foram orientados para que ficassem parados e que as pessoas que acataram as ordens estão desaparecidas.

Segundo o jornal The Independent, esse é o maior desastre marítimo da Coreia do Sul nos últimos 20 anos. As operações de resgate continuam em busca dos 280 desaparecidos.

Cha Eun-ok, que estava na balsa, confirmou a informação.

— O anúncio dentro da balsa era para que as pessoas ficassem paradas. As pessoas que ficaram estão presas lá, disse a moça depois de ser resgatada.

O passageiro Kim Seong-mok também acredita que as pessoas estão presas. 

— O operador fez um anúncio pedindo que os passageiros não se deslocassem. 

Ele disse que não ouviu nenhuma orientação para que os passageiros tentassem escapar. 

Segundo dados do governo sul-coreano, quatro pessoas morreram. De todas as pessoas à bordo, a maioria era estudante da escola de Danwon, subúrbio de Seul. 

Vídeo mostra resgate de passageiros de balsa sul-coreana naufragada

A mãe de uma das pessoas desaparecidas aguardava informações na cidade de Jindo, junto de outros familiares. 

"Minhas lágrimas secaram. Tenho esperança. Espero que o governo faça de tudo para trazer nossas crianças de volta para suas mães", disse. 

O estudante Lim Hyung-min disse que saltou no mar com coletes salva-vidas e nadou até um barco de resgate. 

— À medida que a balsa se inclinava, nós tropeçávamos um no outro. 

Lim disse que muitos sangravam e que a água do oceano era tão gelada que ele pensou que ia morrer. 

A causa do incidente ainda não foi estabelecida.

O que acontece no mundo passa por aqui

Seja bombardead@ de boas notícias. R7 Torpedos