Internacional Soldado turco morre após ataque das forças da Síria em Idlib

Soldado turco morre após ataque das forças da Síria em Idlib

Militar morto neste sábado (22) é o 16º turco que perdeu a vida em um ataque das tropas sírias, que têm apoio da Rússia, na província de Idlib

  • Internacional | Da EFE

Veículos militares da Turquia patrulham Idlib, no noroeste da Síria

Veículos militares da Turquia patrulham Idlib, no noroeste da Síria

Stringer / EPA - EFE - 22.2.2020

Um soldado turco morreu em consequência dos disparos de um tanque das forças leais a Bashar al-Assad, em Idlib, no noroeste da Síria, segundo divulgou neste sábado (22) o Ministério da Defesa da Turquia.

"Como resultado do fogo de um tanque do regime contra nossos efetivos que lutam para conseguir um cessar-fogo, um de nossos homens foi ferido e levado a um hospital, onde faleceu, lamentavelmente", indicou o gabinete, por meio do Twiter.

Leia também: ONU diz temer 'banho de sangue' em combates no noroeste da Síria

Em uma segunda mensagem, o Ministério da Defesa apontou que as tropas turcas responderam o ataque de maneira imediata, com um intenso bombardeio contra 21 posições das forças sírias, destruindo todos.

Sequência de mortes

Essa é a quarta vez que ações de militares leais a Al-Assad provocam a morte de militares turcos em Idlib. Ao todo, são 16 baixas registradas.

Apesar das várias tréguas acordadas entre Rússia, Turquia e Irã, o governo da Síria, apoiado por Moscou, intensificou a campanha militar em Idlib, que é a única província do país que está sob o controle de milícias rebeldes islâmicas.

O governo turco, que apoia em parte os oposicionistas ao regime de Al-Assad, vem tentando na última semana negociar diplomaticamente que os russos deixem de respaldar a ofensiva.

Últimas