Tailândia: presos na caverna
Internacional Submarino de Elon Musk não tem utilidade, diz autoridade tailandesa

Submarino de Elon Musk não tem utilidade, diz autoridade tailandesa

Equipamento foi desenvolvido e testado, mas não foi utilizado no resgate dos 12 garotos e do técnico de futebol presos em caverna inundada

Meninos de caverna na Tailândia

Minissubmarino de resgate foi criado a partir de peças de foguetes

Minissubmarino de resgate foi criado a partir de peças de foguetes

Twitter @elonmusk/via Reuters

Elon Musk, dono da Tesla e da Space X, tentou ajudar no resgate de 12 garotos e do treinador de futebol deles em uma caverna inundada em Chiang Rai, província no norte da Tailândia. O bilionário e sua equipe projetaram um minissubmarino que poderia trazer todos para fora como se estivessem deitados em uma maca.

A saúde frágil das vítimas era uma das principais dificuldades que a equipe de resgate precisava administrar. Mesmo com os cuidados médicos iniciais, a operação era um risco. Todos precisariam aprender técnicas de mergulho em caverna e ainda nadar por trechos estreitos carregando equipamentos.

Nos últimos dias, Musk postou alguns vídeos em sua conta no Twitter com o minissubimarino sendo testado em uma piscina. Os garotos ficariam deitados em uma cápsula com um cilindro de oxigênio atado e seriam conduzidos dentro da caverna por dois mergulhadores profissionais. Foram usadas peças de foguete para projetar e construir o equipamento, que recebeu o nome da equipe de futebol dos meninos "Wild Boar", ou Javalis Selvagens em português.

O empresário chegou a ir até a Tailândia e entrou na caverna acompanhado da equipe de resgate. Ele filmou um trecho da no qual caminhava com a água pela cintura, guiado por uma corda e com apenas uma lanterna clarear. 

Just got back from Cave 3

Uma publicação compartilhada por Elon Musk (@elonmusk) em

Apesar dos esforços compartilhados com os seguidores das redes socais, o chefe da operação de resgate, Narongsak Osotthanakorn, declarou que o equipamento de Elon Musk não tinha utilidade.

"O equipamento que [Elon Musk] entregou para nós não possui utilidade prática para nossa operação de resgate de hoje. Trata-se de um aparelho de tecnologia de ponta, mas não podemos usá-lo em nossa missão", afirmou Osotthanakorn ao site CNET.

O resgate foi concluído nesta terça-feira (10) e todas as vítimas foram encaminhadas para o hospital. O minissubmarino dos engenheiros do Vale do Silício não foi utilizado, mas foi reconhecido. Um porta-voz da junta militar da Tailândia agradeceu Elon Musk pela determinação em ajudar.