Internacional Talibã toma a capital provincial de Pul-i-Alam, a 50 km da capital

Talibã toma a capital provincial de Pul-i-Alam, a 50 km da capital

Em questão de dias, grupo fundamentalista assumiu o controle de praticamente todo o norte, oeste e sul do Afeganistão

AFP
Insurgentes controlam quase metade das capitais de província

Insurgentes controlam quase metade das capitais de província

AFP

Os insurgentes do Talibã tomaram, na sexta-feira (13), a cidade de Pul-i-Alam, capital da província de Logar, localizada a apenas 50 quilômetros ao sul de Cabul, capital do Afeganistão, segundo um conselheiro provincial.

"O Talibã controla todas as instalações do governo em Pul-i-Alam (...) Agora tem 100% de controle. Não há mais combates no momento", disse à AFP Saeed Qaribullah Sadat, uma autoridade do governo local. 

Em questão de dias, o governo afegão perdeu o controle da maior parte do país e os insurgentes controlam quase metade das capitais de província, a maior parte tomadas em apenas uma semana.

Praticamente todo o norte, o oeste e o sul do Afeganistão estão sob o controle dos talibãs. Cabul, Mazar-i-Sharif, a grande cidade do norte, e Jalalabad, a leste, são as três grandes cidades que o governo continua controlando.

Leia também: Como fica o Afeganistão depois da saída das tropas dos EUA e da Otan

Os talibãs iniciaram sua ofensiva em maio, quando o presidente americano, Joe Biden, confirmou que as tropas estrangeiras deixariam o país, 20 anos depois do início da intervenção dos Estados Unidos para tirar do poder os talibãs, que se negavam a entregar Osama bin Laden, líder da Al Qaeda, após os atentados de 11 de setembro de 2001.

A retirada das tropas estrangeiras terminará em 31 de agosto. Apesar do que acontece no Afeganistão, Biden afirmou que não lamenta sua decisão, embora seja certo que as autoridades americanas não escondem sua decepção diante da rapidez com que o exército afegão se evapora diante do avanço dos talibãs.

Últimas