Internacional Talibãs conquistam Ghazni, 10ª capital provincial em seu poder

Talibãs conquistam Ghazni, 10ª capital provincial em seu poder

Cidade está a 150 km de Cabul e tem uma posição estratégica para o grupo seguir com as ofensivas que começaram em maio

AFP
Grupo Talibã domina mais uma capital de província no Afeganistão

Grupo Talibã domina mais uma capital de província no Afeganistão

AFP

Os talibãs conquistaram nesta quinta-feira (12) a cidade de Ghazni, que se torna a 10ª capital provincial a cair em seu poder, informou um conselheiro provincial. A cidade fica a apenas 150 quilômetros a sudoeste de Cabul, capital do Afeganistão.

Como fica o Afeganistão depois da saída das tropas dos EUA e da Otan

"Posso confirmar que Ghazni caiu nas mãos dos talibãs esta manhã (quinta-feira). Eles assumiram o controle de áreas-chave da cidade: o gabinete do governador, a sede da polícia e a prisão", disse o chefe do Conselho da Província de Ghazni, Nasir Ahmad Faqiri, à AFP. 

Ele afirmou ainda que combates ainda estão sendo travados em algumas partes da cidade, mas que os talibãs têm "o controle majoritariamente". Os rebeldes também reivindicaram a tomada da localidade. 

Ghazni é a capital provincial mais próxima de Cabul de todas as conquistadas pelos insurgentes desde o lançamento de sua ofensiva em maio, início da retirada das tropas estrangeiras do país. A saída destes soldados está prevista para terminar no final de agosto.

Os talibãs avançaram em um ritmo considerável nos últimos dias. Em uma semana, assumiram o controle de 10 das 34 capitais provinciais afegãs. Sete delas ficam no norte do país, uma região que conseguiu oferecer-lhes resistência no passado.

Na noite de terça-feira (10), eles tomaram Pul e Khumri, capital da província de Baghlan, 200 km ao norte de Cabul. Com isso, vão-se aproximando da capital tanto pelo norte quanto pelo sul.

Ghazni já esteve em poder dos insurgentes por um breve período em 2018. Agora, simboliza sua conquista mais importante até o momento, junto com Kunduz, um município estratégico no nordeste, entre Cabul e o Tadjiquistão.

Embora os talibãs já estivessem há tempos presentes nas províncias de Wardak e Logar, a algumas dezenas de quilômetros de Cabul, a queda de Ghazni representa um sinal alarmante para a capital. 

Esta cidade está localizada no eixo que liga Cabul a Kandahar, a segunda maior cidade do país, ao sul. Ao conquistá-la, os insurgentes podem cortar as linhas de abastecimento terrestre do Exército para o sul.

Últimas