Internacional Termina sequestro de ônibus na Ucrânia e terrorista é preso

Termina sequestro de ônibus na Ucrânia e terrorista é preso

Homem manteve 20 passageiros reféns durante 8 horas. Durante negociações, ele pediu que presidente gravasse vídeo para ele

  • Internacional | Do R7

Sequestro na Ucrânia termina e reféns são liberados

Sequestro na Ucrânia termina e reféns são liberados

Pavlo Palamarchuk/Reuters - 21.7.2020

O sequestrador de um ônibus na Ucrânia liberou os 20 reféns depois de 8 horas de negociações. O homem foi preso pela polícia assim que todos os passageiros do ônibus foram liberados nesta terça-feira (21).

Segundo relatos da mídia local, houve mais uma explosão perto do local do sequestro. No começo da tarde, outras três explosões foram ouvidas, mas nenhuma deixou feridos ou foram de grandes magnitudes. 

Antes da liberação dos passageiros, o homem já havia permitido que três pessoas deixassem o ônibus e deixou que a polícia entregasse água aos outros reféns.

Ato terrorista

A polícia acredita que o sequestro se trata de um ato terrorista, disse o chefe do Serviço de Segurança do país, Ivan Bakanov.

Durante uma coletiva de imprensa, Bakanov disse que os agentes de segurança estão fazendo o possível para libertar os reféns.

“A situação requer ação coordenada das agências de segurança, nós estamos em contato constante. Esses processos são geralmente privados e nós poderemos responder a todas as perguntas depois que os reféns estiverem seguros. Estamos fazendo todo o possível”, disse.

Pedido ao presidente

Pela manhã, um homem armado entrou em um ônibus e manteve 20 passageiros reféns. A mídia local disse que o homem chegou a jogar um explosivo para fora do ônibus, mas a explosão não deixou nenhum ferido.

Durante as negociações, o homem pediu que o presidente Volodomyr Zelensky gravasse um vídeo pedindo que todo mundo assistisse ao documentário norte-americano “Earthlings”.

O presidente aceitou o pedido e divulgou o vídeo pelo Facebook, convocando a nação a assistir o documentário que fala sobre crueldade animal.

.

Últimas