Internacional Texas e outros Estados se preparam para nova tempestade de inverno

Texas e outros Estados se preparam para nova tempestade de inverno

Serviço meteorológico alerta que até 100 milhões de norte-americanos podem ser afetados pelo mau tempo

  • Internacional | Do R7, com AFP

Cidades texanas como Fort Worth seguem cobertas de neve

Cidades texanas como Fort Worth seguem cobertas de neve

Ron Jenkins / Getty Images via AFP - 17.2.2021

Com milhões de pessas ainda sem abastecimento de eletricidade nesta quarta-feira (17) no Texas, além de problemas como falta d'água, o Estado que é o maior gerador de energia dos EUA se prepara para uma nova tempestade de inverno nesta quinta-feira.

Leia também: Tempestade de neve nos EUA deixa 21 mortos e milhões sem energia

O Serviço Meteorológico Nacional (NWS) emitiu uma série de alertas sobre a tempestade, para uma área que vai do Texas, no Sul, até Maryland, na costa leste. Cerca de 100 milhões de norte-americanos vivem na região que pode ser atingida.

O NWS indicou que a tempestade, que avança rumo ao nordeste do país traria gelo, granizo e neve intensa a regiões do Texas, Louisiana, Arkansas e Mississipi, onde podem acontecer novos cortes de energia e quedas de árvores, além de criar riscos nas estradas.

O serviço meteorológico também acrescentou que a massa de ar ártico começava a perder força na região, desacostumada ao frio intenso, porém ainda se espera que as temperaturas gélidas continuem por alguns dias.

Sem luz e sem água

Mais de 20 mortes relacionadas à tempestade de inverno foram registradas desde a chegada da frente polar, na semana passada. Centenas de milhares de pessoas na região metropolitana de Houston estão sofrendo com cortes de luz e água.

"A pressão da água está baixa demais", avisou o prefeito de Houston, Sylvester Turner no Twitter. "Por favor, não deixem as torneiras abertas, para evitar que os encanamentos estourem".

David Hernández, de 38 anos, passou a noite de terça para quarta em uma igreja da cidade com outras pessoas que precisaram deixar suas casas.

"Meu carro quebrou e eu cheguei a pensar em dormir nele, mas fazia frio demais", explicou ele. "Os líquidos e fluidos começaram a congelar, era como se estivesse tentando dormir em uma caixa de gelo. Tive de vir para cá, não tive escolha".

Derrick Maxwell chegou ao mesmo local com sua companheira, Ariel Edward, o filho deles, ainda bebê, e outros parentes. "Fazia frio demais para estar em casa, sem comida nem água. Não conseguíamos cozinhar nada, por isso viemos para cá", contou.

As companhias elétricas do Texas implementaram apagões forçados para evitar a sobrecarga do sistema de distribuição quando os moradores começaram a ligar o aquecimento central de suas casas em massa.

De acordo com o site PowerOutage.us, mais de 2,7 milhões de residências estavam sem eletricidade na tarde de quarta no Texas, o único dos 48 estados continentais do país que têm sua própria rede elétrica independente.

Um Estado falido

Ex-candidato democrata ao governo do Texas, Beto O'Rourke disse à emissora MSNBC que a situação "é ainda pior do que estão dizendo, as pessoas estão sofrendo há dias sem eletricidade".

"A capital energética da América do Norte não é capaz de fornecer a energia elétrica para esquentar os lares e alimentar as pessoas que vivem neste estado. O Texas está muito próximo de ser um Estado falido", completou.

Em Austin, capital do Texas, a Austin Energy, companhia local que distribui eletricidade para a cidade de 950 mil habitantes, disse que quase 200 mil residências continuavam sem eletricidade. A empresa anunciou "centros de aquecimento" em escolas da região.

Enquanto a companhia elétrica se esforçava para reestabelecer a energia, o aeroporto da cidade retomou os voos depois de dois dias de paralisação.

Jeff Zients, o coordenador de combate ao coronavírus na Casa Branca, disse que o frio está afetando a entrega e distribuição de vacinas contra a covid-19.

"Em algumas partes do país, como o Texas, os centros de vacinação estão fechados", disse Zients, que pediu para que esses locais reabram com horários mais amplos de atendimento quando for possível.

Até agora, muitas mortes relacionadas ao clima foram ocasionadas por acidentes de trânsito, mas a polícia de Houston confirmou que uma mulher e sua filha morreram intoxicadas por monóxido de carbono porque tentaram fugir do frio se abrigando em um carro com o motor ligado. O veículo estava dentro da garagem.

Um homem na Loiusiana morreu após escorregar no gelo e bater a cabeça, No Tennessee, um menino de 10 anos morreu afogado quando ele e a irmã, de 6, caíram dentro de um lago congelado dpeois que a camada de gelo se quebrou, no domingo.

Além disso, a tempestade de inverno causou a formação de pelo menos quatro tornados, incluindo um na costa da Carolina do Norte que matou pelo menos 3 pessoas e feriu outras 10, na noite de segunda-feira.

Do lado sul da fronteira com o Texas, autoridades mexicanas disseram que pelo menos seis pessoas morreram em decorrência do frio.

Últimas