Coreia do Norte
Internacional Trump afirma que encontro com Kim Jong-un pode ser adiado

Trump afirma que encontro com Kim Jong-un pode ser adiado

Declaração do presidente dos EUA sobre cúpula com Coreia do Norte foi feita durante encontro com o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, na Casa Branca

Trump recebeu presidente sul-coreano e disse que reunião com Kim pode ser adiada

Trump recebeu presidente sul-coreano e disse que reunião com Kim pode ser adiada

Reuters / Carlos Barria / 22.5.2018

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta terça-feira (22), durante encontro com o presidente sul-coreano Moon Jae-in, na Casa Branca, que a reunião histórica com o ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, poderá ser adiada.

Inicialmente marcado para o dia 12 de junho, o encontro deveria acontecer em Cingapura, mas segundo Trump, a atitude de Kim durante as negociações "mudou" após uma reunião com o presidente chinês Xi Jinping e isso pode resultar em uma mudança de data.

"Há uma chance muito grande de não dar certo agora. Se não acontecer (em 12 de junho), vai acontecer mais tarde", disse Trump à imprensa norte-americana, ao lado de Moon. "Você nunca sabe, acordos são assim." 

Na semana passada, o governo norte-coreano ameaçou cancelar o encontro por causa de exercícios militares realizadas em conjunto pelas forças armadas dos EUA e da Coreia do Sul na região.

Desnuclearização da Coreia do Norte

Na entrevista, Trump afirmou que ainda acredita nas intenções de Kim Jong-un de prosseguir com a desnuclearização de seu país e deu a entender que a Coreia do Norte só teria a ganhar com o processo.

"Eu acho que ele leva isso a sério. Eu acho que ele gostaria que isso (a desnuclearização) acontecesse. A Coreia do Norte tem chance de se tornar um grande país e não vai conseguir isso nas circunstâncias em que eles vivem hoje. Acho que eles deviam aproveitar essa oportunidade", disse o presidente dos EUA.