Brexit: Reino Unido fora da União Europeia
Internacional Trump cutuca Merkel e elogia saída do Reino Unido da UE: "Acredito que outros vão sair"

Trump cutuca Merkel e elogia saída do Reino Unido da UE: "Acredito que outros vão sair"

Para o republicano, o Brexit foi a saída para o país buscar a própria identidade

Trump cutuca Merkel e elogia saída do Reino Unido da UE: "Acredito que outros vão sair"

Trump está disposto a abrir negociações com o Reino Unido

Trump está disposto a abrir negociações com o Reino Unido

GettyImages

Na sua primeira entrevista sobre Brexit após o referendo que determinou a saída do Reino Unido da União Europeia, o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, avaliou o país como "esperto" e definiu o Brexit como uma "coisa boa".

Segundo o republicano, a UE estaria à beira de um colapso e a falta de representatividade de alguns países seria o principal motivo disso. "Você olha para a União Europeia e é Alemanha. Basicamente é uma veículo para a Alemanha. É por isso que eu acho que o Reino Unido foi esperto em sair", disse Trump ao ex-candidato do Partido Conservador, Michael Gove.

— Os países e as pessoas queriam uma identidade e o Reino Unido queria ter a sua própria.

Trump e Brexit: 5 fatores em comum

Migração da UE para o Reino Unido atingiu recorde antes do Brexit, diz levantamento

O presidente eleito ainda expressou o carinho que tem pelo Reino Unido e prevê que outros países ainda sairão da União Europeia. "Acredito que outros vão sair. Eu penso que manter todos esses países juntos não vai ser tão fácil quanto as pessoas imaginam", afirmou.

Perguntado sobre possíveis negociações com o Reino Unido, Trump disse que firmar um acordo "o mais rápido possível".

— Será aboslutamente muito rápido. Eu sou um grande fã do Reino Unido. Nós vamos trabalhar duro para que o acordo seja feito devidamente e o mais rápido possível. Bom para os dois lados.

Um encontro entre Donald Trump e a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, deve acontecer alguns dias depois desta sexta-feira (20), data em que o republicano toma posse da presidência dos Estaddos Unidos.