Era Trump

Internacional Trump deixa Casa Branca e segue para Flórida em dia de posse 

Trump deixa Casa Branca e segue para Flórida em dia de posse 

Em toda a história dos EUA, recusa em ir ao evento de sucessão só ocorreu três vezes, a última há 152 anos, com Andrew Johnson 

  • Internacional | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Trump deixa a Casa Branca horas antes da cerimônia de posse de Biden
  • O republicano deve chegar no começo da tarde em Mar-A-Lago, seu resort de alto padrão
  • Trump não vai ao evento que marca o início do governo do democrata
  • A recusa em ir a posse do sucessor só ocorreu três vezes na história dos EUA
Ex-presidente Trump deixou a Casa Branca ao lado da esposa, Melania Trump

Ex-presidente Trump deixou a Casa Branca ao lado da esposa, Melania Trump

REUTERS / Leah Millis

O agora ex-presidente americano Donald Trump deixou a Casa Branca às 10h14 desta quarta-feira (20) ao lado da esposa, Melania Trump. Ele agora viajará para a Flórida, onde passa a viver depois de deixar a presidência dos Estados Unidos.

O empresário avisou na semana passada que não participaria da cerimônia de posse de Joe Biden, que acontece nesta tarde.

O ex-presidente segue para a base militar Andrews, onde vai se encontrar com alguns apoiadores antes de embarcar para o sul dos EUA. É previsto um discurso de Trump nesse local.

O republicano deve chegar no começo da tarde em Mar-A-Lago, o resort de alto padrão de sua propriedade.

1º presidente em mais de 100 anos a não ir à posse do sucessor

Trump é o primeiro presidente em 152 anos a se recusar participar da cerimônia de posse do sucessor. Desde novembro, quando a eleição aconteceu, o republicano se recusou a aceitar a derrota nas urnas e alegou diversas vezes que as eleições foram fraudadas e que ele tinha sido o vencedor.

Antes de Trump, apenas três presidentes faltaram à posse de seus sucessores: John Adams (1801), John Quincy Adams (1829) e Andrew Johnson (1869). Há 152 anos isso, portanto, não acontece.

De acordo com a imprensa americana, todos os outros ex-presidentes americanos vivos assistirão à cerimônia de Biden, com exceção de Jimmy Carter, que tem 96 anos.

Apesar de entrar com 60 ações na Justiça para evitar o resultado e pedir recontagem em estados-chaves nas eleições, as autoridades reconheceram a vitória de Biden.

Na Constituição americana não existe uma lei que exige que um presidente compareça à cerimônia de posse do sucessor, mas é tradição. Mesmo com a ausência de Trump, o vice, Mike Pence, estará presente.

Últimas