Era Trump

Trump nomeia embaixador americano na Venezuela

Nomeação ocorre após ataque frustrado para, supostamente, prender Maduro; países não mantêm relações diplomáticas desde janeiro de 2019

  • Internacional | Da EFE

Trump faz nomeação dias após ataques frustrados contra Maduro

Trump faz nomeação dias após ataques frustrados contra Maduro

Fotos REUTERS/Montagem R7

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nomeou, nesta quarta-feira (6), James Broward Story como embaixador na Venezuela, com cujo governo não mantém relações diplomáticas desde janeiro de 2019.

Desde julho de 2018, Story é o responsável interino de negócios — o mais alto cargo na ausência de um embaixador — na embaixada americana no país sul-americano. Hoje, nas palavras de Trump, ele foi nomeado em caráter "extraordinário e plenipotenciário".

O governo de Nicolás Maduro expulsou Story e diplomatas americanos de Caracas em janeiro de 2019, após os EUA terem reconhecido o líder da oposição, Juan Guaidó, como presidente em exercício da Venezuela.

Washington também expulsou os diplomatas de Maduro em 2019 e agora reconhece o enviado de Guaidó, Carlos Vecchio, como embaixador.

Nomeação após ataques fracassados a Maduro

A nomeação de Story como embaixador acontece dias depois dos ataques fracassados na Venezuela envolvendo desertores militares venezuelanos e dois mercenários dos EUA, que estão sob custódia de Caracas.

Embora Washington tenha negado qualquer envolvimento no ocorrido, o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, anunciou nesta quarta que seu governo usará todas as ferramentas à disposição para repatriar os ex-boinas verdes identificados como Airan Berry e Luke Denman.

Além disso, o próprio Pompeo explicou na semana passada que já começou a fazer planos para reabrir a sua embaixada em Caracas. "Eu pedi à minha equipe para ter nossos planos prontos para quando o dia chegar", disse.

Sem embaixada na Venezuela desde 2010

Os Estados Unidos não têm um embaixador na Venezuela desde 2010, quando o presidente Hugo Chávez, morto em 2013, expulsou o então enviado de Washington, Patrick Duddy.

Story foi cônsul dos EUA no Rio de Janeiro e ocupou vários postos diplomáticos no Afeganistão, na Colômbia, no México e em Moçambique.

Últimas