Era Trump
Internacional Trump quer mudar visto temporário de trabalho para facilitar cidadania

Trump quer mudar visto temporário de trabalho para facilitar cidadania

Presidente dos EUA, que vive impasse sobre muro anti-imigração, diz querer que 'pessoas talentosas' possam buscar 'opções de carreira' no país

Trump promete mudanças nos vistos H-1B, incluindo potencial cidadania

Trump diz querer incentivar 'pessoas talentosas' nos EUA

Trump diz querer incentivar 'pessoas talentosas' nos EUA

REUTERS/Joshua Roberts/10.01.2019

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse nesta sexta-feira (11) que está planejando mudanças nos vistos H-1B — concedidos temporariamente a imigrantes altamente qualificados para que possam trabalhar em ocupações especiais — que criariam a possibilidade de os trabalhadores se tornarem cidadãos norte-americanos.

"Aqueles que têm um visto H1-B nos Estados Unidos podem ter certeza de que as mudanças estão chegando, o que trará simplicidade e certeza para a sua estadia, incluindo um caminho potencial para a cidadania. Queremos incentivar pessoas talentosas e altamente qualificadas a buscar opções de carreira nos EUA", disse Trump em um tuíte no início da manhã.

Impasse sobre muro na fronteira

O republicano Trump e os democratas no Congresso estão em um impasse, com a recusa de encerrar com a mais longa paralisação na história do governo federal até que consiga 5,6 bilhões de dólares para construir um muro ao longo da fronteira sul dos EUA.

Ao mesmo tempo que normalmente se retrata imigrantes sem documentados e requerentes de asilo tentando entrar no país através do México como criminosos e terroristas, ele frequentemente elogia aqueles que solicitam vistos H-1B, que devem ter um grau de bacharel ou superior.

A concorrência é grande para os vistos temporários. Em 2018, os Estados Unidos atingiram o limite do número de vistos H-1B que poderiam emitir — 65.000 ao longo de todo o ano —, na primeira semana de abril, segundo o Departamento de Segurança Interna.

Em vídeo: Trump volta a ameaçar declarar emergência para construir muro