Internacional Turistas franceses colocam fogo em pequeno animal selvagem na Austrália e divulgam vídeo da agressão

Turistas franceses colocam fogo em pequeno animal selvagem na Austrália e divulgam vídeo da agressão

Animal chamado Quokka sobreviveu ao ataque e os dois homens foram presos

Turistas franceses colocam fogo em animal australiano que corre risco de extinção

Turistas franceses colocam fogo em animal australiano que corre risco de extinção

Reprodução/ThehuffPost

Dois turistas franceses, identificados como Thibaud Jean Leon Valley, de 24 anos, e Jean Michael Barikian, de 18 anos, foram presos na Austrália, depois de serem acusados de colocar fogo em um pequeno animal chamado Quokka, que habita a Austrália.

De acordo com informações do site Huffington Post, os turistas fizeram um vídeo no dia 3 de abril em que registraram o momento da crueldade. Eles usaram uma lata de desodorante e um isqueiro para chamuscar o Quokka.

As autoridades prenderam os dois jovens depois de serem avisados que eles estavam mostrando o vídeo da agressão para habitantes locais. 

Zoológico da crueldade: 50 animais morrem com superlotação e desnutrição na Indonésia

Crueldade: ursa fica deformada e morre após 2 anos trancada em gaiola na Tailândia

O Quokka é considerado pelos australianos "o animal mais feliz do mundo" e está em risco de extinção, como declarado pela União Internacional para a Conservação da Natureza, em grande parte devido à destruição do seu habitat e predação por outras espécies domintantes.

O animal ferido pelos dois rapazes teve o pelo queimado, mas sobreviveu ao incidente.

A condenação para quem prejudica esses animais é de uma multa e no mínimo uma semana de cadeia. Uma das autoridades responsáveis pelo caso declarou:

— É uma sentença relativamente leve diante do comportamento repugnante que esses dois jovens tiveram.

Últimas