Estado Islâmico
Internacional Turquia anuncia captura de irmã de líder morto do EI no norte da Síria

Turquia anuncia captura de irmã de líder morto do EI no norte da Síria

Rasmiya Awad, de 65 anos, foi presa ao lado de seu marido, cunhada e cinco filhos. Eles estão sendo interrogados pelo serviço de inteligência turco

Líder morto do EI

Rasmiya Awad, 65 anos, foi presa

Rasmiya Awad, 65 anos, foi presa

Turkish Security Officials/Handout via REUTERS/05.11.2019

A Turquia anunciou nesta terça-feira (5) a captura da irmã do falecido líder do grupo terrorista Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, perto de Azaz, uma cidade no norte da Síria sob controle de Ancara.

"A prisão da irmã de Al Baghdadi é outro exemplo do sucesso de nossas operações antiterroristas", escreveu no Twitter, Fahrettin Altun, diretor de comunicação da Presidência turca.

Rasmiya Awad, 65 anos, foi presa ao lado de seu marido, cunhada e cinco filhos. Eles estão sendo interrogados pelos serviços de inteligência da Turquia. Um oficial de segurança turco, citado pelo jornal "Hürriyet", esperava obter informações valiosas sobre a operação interna do EI.

"A luta da Turquia contra o terrorismo, independentemente de sua ideologia e origem, continua com toda a força possível", acrescentou Altun.

No dia 27 de outubro, os Estados Unidos anunciaram a morte do terrorista mais procurado do mundo, após uma operação realizada por comandos americanos na cidade de Barisha, a apenas seis quilômetros da fronteira da Síria com a Turquia.

De acordo com a versão oferecida pelos EUA, Al Baghdadi tentou fugir através de um túnel e acabou cometendo suicídio detonando um colete explosivo que ele carregava com dois de seus filhos, de modo que seus restos eram irreconhecíveis.