Novo Coronavírus

Internacional UE tem acordo para reabertura das fronteiras a viajantes vacinados

UE tem acordo para reabertura das fronteiras a viajantes vacinados

Além de comprovar que está imunizado, apenas turistas de países considerados seguros poderão entrar no bloco europeu

AFP
Viajantes plenamente vacinados de fora do bloco poderão entrar na UE

Viajantes plenamente vacinados de fora do bloco poderão entrar na UE

Justin Tallis/AFP - 18.05.2021

Os representantes dos 27 Estados membros da União Europeia (UE) alcançaram um acordo que permitiria a entrada no espaço comum de viajantes procedentes de países de fora do bloco que já estão totalmente vacinados, informaram nesta quarta-feira fontes europeias.

Diante da proximidade da temporada de verão (hemisfério norte), os embaixadores dos 27 países aprovaram uma recomendação da Comissão Europeia, cuja aplicação não é, no entanto, obrigatória.

Um dos aspectos centrais do acordo é uma modificação no número de casos de covid-19 que devem ser registrados em um determinado país para que este seja considerado pouco seguro e, desta forma, permitir o acesso a mais viajantes.

As recomendações devem ser validadas em nível ministerial na sexta-feira (21), disseram as fontes consultadas pela AFP.

Atualmente, as viagens não essenciais para o espaço da UE são proibidas, à exceção de um pequeno grupo de países considerados seguros por seu baixo número de casos de covid-19.

Até o momento, esta lista inclui Austrália, Israel, Nova Zelândia, Ruanda, Cingapura, Coreia do Sul, Tailândia e China, embora no caso deste último a situação esteja à espera de reciprocidade.

Diplomatas disseram nesta quarta-feira que, com o novo acordo, os passageiros que puderem comprovar que foram plenamente vacinados poderão ingressar no espaço europeu. 

Para que um país seja considerado seguro, o número de casos de covid-19 por 100 mil habitantes em um período de duas semanas será aumentado de 25 para 75.

Últimas