NOTÍCIAS

ESPORTES

DIVERSÃO

MEU ESTILO

BLOGS

R7 ESTÚDIO

RECORD TV

+R7

Internacional

Um dia após forte terremoto, Venezuela registra novo tremor

Novo abalo atingiu 5,7 graus e uma réplica de 4,1 foi registrada em seguida, um pouco mais ao sul, na região do estado de Sucre

Venezuela registra novo abalo na mesma região do terremoto de ontem

Cristina Charão, do R7, com EFE
Miguel Gutiérrez / EFE / 22.8.2018

Tremores danificaram a Torre David, construção inacabada no centro de Caracas

Um tremor de magnitude 5,7 aconteceu nesta quarta-feira (22) na mesma região do terremoto de 7.3 de ontem na Venezuela, sem que até agora tenham sido registradas vítimas ou danos, informou a Funvisis (Fundação Venezuelana de Pesquisas Sismológicas).

Ainda assim, as autoridades venezuelanas estão em alerta por conta da situação de um prédio inacabado no centro de Caracas, que teria sido danificado pelo tremor de terça-feira.

No momento do novo tremor, equipes de bombeiros já estavam a postos nas proximidades do Edifício Confinanzas, também conhecido como Torre David.

Muitos moradores de Caracas saíram à rua no momento do novo tremor e vários gravavam vídeos e fotografavam o esqueleto de arranha-céu, temendo que ele desabasse.

Novo tremor e réplica

O órgão situou o epicentro do tremor nove quilômetros ao noroeste de Yaguaraparo, cidade onde o tremor aconteceu ontem, embora o de agora tenha ocorrido na região sudeste.

A profundidade do movimento de hoje foi de 22,9 quilômetros, de acordo com a Funvisis.

Pouco depois, o ministro de Interior, Néstor Reverol, informou no Twitter que "uma réplica de magnitude 4,1 foi registrada", desta vez, no sul dessa região, no estado Sucre, no norte da Venezuela, com profundidade de 59,3 quilômetros.

"Estamos realizando a avaliação dos prejuízos nos estados onde o abalo foi sentido. Até o momento, não foram reportados danos ou fatos a lamentar. O Sistema de Gestão de Risco está encontra ativo e implantado", acrescentou o ministro.

O tremor foi sentido em vários estados do nordeste e do centro do país, principalmente na região litorânea, de acordo com a imprensa.

Ontem, no fim da tarde, um terremoto de magnitude 6,9 na escala Richter provocou danos em algumas construções de Caracas e de outros estados do país e chegou a se sentido no Brasil em lugares como Boa Vista, Pacaraima e Manaus.

Publicidade
Ir para versão mobile