Reino Unido

Internacional 'Um dos mais amáveis', diz Johnson sobre político assassinado

'Um dos mais amáveis', diz Johnson sobre político assassinado

Parlamentar do partido conservador, David Amess foi esfaqueado por um jovem de 25 anos durante encontro com eleitores

Agência EFE
Parlamentar britânico assassinado a facadas, David Amess

Parlamentar britânico assassinado a facadas, David Amess

EFE/EPA/ANDY RAIN

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, expressou tristeza nesta sexta-feira pelo assassinato do parlamentar conservador David Amess, o qual descreveu como "uma das pessoas mais amáveis, bondosas e gentis da política, que acreditava apaixonadamente no país e em seu futuro".

Johnson não revelou à imprensa detalhes do esfaqueamento, cometido durante um encontro com eleitores, por um jovem de 25 anos cuja identidade e cujas motivações ainda são desconhecidas, e pediu que "deixem a polícia trabalhar".

"Perdemos um bom funcionário público e um amigo muito querido. A razão pela qual tantas pessoas estão chocadas e entristecidas é sobretudo porque ele era uma das pessoas mais amáveis, bondosas e gentis da política, e também porque ele tinha um excelente histórico de pressão legislativa para ajudar os mais vulneráveis", lamentou.

O premiê elogiou o trabalho de Amess para ajudar as mulheres que sofrem de endometriose, contra a pobreza energética e contra a crueldade com os animais.

"David era um homem que acreditava apaixonadamente neste país e no seu futuro", enfatizou Johnson.

Questionado sobre uma declaração da presidente da Câmara dos Comuns, Lindsay Hoyle, em que ela propôs abrir o debate sobre a segurança dos parlamentares, Johnson disse que "esses assuntos serão oportunamente considerados, mas agora é o momento de pensar em sir David, na sua esposa e na sua família".

Últimas