Coronavírus

Internacional Uso de máscara seguirá obrigatório no transporte de Londres

Uso de máscara seguirá obrigatório no transporte de Londres

Reino Unido aliviou as medidas para conter a covid-19 após vacinar completamente dois terços da população

AFP
Quase todas as restrições legais de combate à covid-19 terão fim na próxima segunda-feira (19)

Quase todas as restrições legais de combate à covid-19 terão fim na próxima segunda-feira (19)

Justin Tallis / AFP - 14.07.2021

O uso de máscara continuará sendo obrigatório no transporte público de Londres, apesar do fim de quase todas as restrições legais de combate à covid em 19 de julho na Inglaterra, anunciou a prefeitura da capital nesta quarta-feira (14).

O primeiro-ministro Boris Johnson confirmou nesta semana que a partir da próxima segunda-feira (19) a distância física e o uso de máscara deixarão de ser obrigatórios, mesmo que a máscara siga sendo recomendada em lugares fechados e muito movimentados, como o transporte público.

Alguns cientistas destacam os riscos de disparada dos contágios e surgimento de novas variantes, mas o Executivo se ampara no sucesso de sua campanha de vacinação, que "enfraqueceu" o vínculo entre infecções, hospitalizações e mortes.

Dois terços dos 56 milhões de adultos do país estão completamente vacinados, de acordo com os últimos dados anunciados pelo governo nesta quarta-feira (14). As autoridades da Inglaterra decidiram substituir a obrigatoriedade legal pela responsabilidade individual.

No entanto, destacando que "a opção mais simples e segura teria sido o governo manter a obrigação nacional de usar máscara no transporte público", o prefeito de Londres, Sadiq Khan, disse que se recusava a "colocar em risco os londrinos e a recuperação da nossa cidade".

Desse modo, o uso de máscaras será uma condição para usar a rede de transporte público da capital britânica, cujos agentes negarão o acesso para aqueles que não as usarem, a menos que estejam isentos.

Cada uma das quatro nações que formam o Reino Unido, com competências em matéria de saúde, decidem suas próprias medidas para enfrentar a crise sanitária.

Na Escócia, as restrições contra o coronavírus serão suavizadas a partir de segunda-feira, mas o uso de máscaras permancerá obrigatório.

Em Gales, quase todas as restrições restantes serão levantadas em agosto, mas continuará sendo obrigatório usar máscara no transporte e na maioria dos lugares públicos.

A Irlanda do Norte ainda vai anunciar seu calendário.

Últimas