Coronavírus

Internacional Uso de máscaras deixará de ser obrigatório na Inglaterra

Uso de máscaras deixará de ser obrigatório na Inglaterra

Outras medidas de restrição serão suspensas; baladas poderão reabrir e restaurantes podem receber clientes no local

Premiê britânico anuncia suspensão de medidas de restrição

Premiê britânico anuncia suspensão de medidas de restrição

Daniel Leal-Olivas/Pool via REUTERS - 5.7.2021

Usar máscara e respeitar o distanciamento social não serão mais obrigatórios na Inglaterra a partir de 19 de julho, anunciou o primeiro-ministro Boris Johnson nesta segunda-feira (5), instando os britânicos a "aprenderem a viver" com o coronavírus sendo prudentes.

A Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte possuem autonomia para criar as próprias regras de combate à covid-19.

Embora o número de novas infecções esteja disparando para cerca de 25 mil por dia devido à variante Delta, isso não se traduziu em um aumento acentuado de hospitalizações e mortes, disse ele, justificando sua decisão de suspender todas as restrições legais em duas semanas.

Entre as novas medidas estará encerrado o limite de pessoas que podem participar de funerais e casamentos e restaurantes e bares poderão voltar a atender no local. Os eventos com grandes públicos também estão liberados e baladas poderão abrir pela primeira vez desde o começo da pandemia.

Últimas