Novo Coronavírus

Internacional Valor do seguro-desemprego atrasa votação de pacote fiscal nos EUA

Valor do seguro-desemprego atrasa votação de pacote fiscal nos EUA

Republicanos são contra proposta, porque o aumento no benefício poderia encorajar as empresas a demitirem seus funcionários

  • Internacional | Do R7, com Agência Estado

Congresso dos EUA discute pacote fiscal contra os efeitos econômicos do coronavírus

Congresso dos EUA discute pacote fiscal contra os efeitos econômicos do coronavírus

Amber Searls / USA Today via Reuters - 2.11.2019

Um impasse entre republicanos e democratas no Senado americano ameaça travar a pauta que trata do pacote fiscal contra os efeitos econômicos do coronavírus. O texto negociado entre parlamentares dos dois partidos, durante a madrugada, incluía uma emenda que ampliava o valor do seguro-desemprego de trabalhadores afetados pela crise em US$ 600 por semana.

Leia mais: Local onde ficaram os corpos do 11 de Setembro será reativado em NY

No entanto, pela manhã, quatro senadores republicanos demonstraram forte oposição à proposta, sob o argumento de que o aumento no benefício poderia encorajar as empresas a demitirem seus funcionários. Em reação, o democrata Bernie Sanders ameaçou em nota publicada no Twitter, travar a legislação se os republicanos não recuarem da objeção.

"Estou preparado para parar o projeto até que condições mais duras sejam impostas aos US$ 500 bilhões em ajuda corporativas para garantir que qualquer empresa que receba assistência financeira não demita trabalhadores, corte salários ou benefícios, mandem empregos para outros países ou paguem salários baixos", escreveu Sanders.

Últimas