Internacional Vaticano admite existência de autores de abusos contra crianças no clero

Vaticano admite existência de autores de abusos contra crianças no clero

Estado participa, pela primeira vez, de um debate público sobre o assunto

Tomasi (esq.) conversa com o Charles Sciclun, que já foi promotor de justiça para casos de abusos sexuais no clero

Tomasi (esq.) conversa com o Charles Sciclun, que já foi promotor de justiça para casos de abusos sexuais no clero

16.01.14/ FABRICE COFFRINI/ AFP

O Vaticano afirmou nesta quinta-feira (16), na ONU, que não existe desculpa possível para os casos de exploração e violência contra crianças e admitiu que existem responsáveis por abusos em "todas as profissões, inclusive entre membros do clero".

"Existem abusadores entre os membros das profissões mais respeitadas do mundo e, mais lamentavelmente, inclusive entre membros do clero e de funcionários da igreja", disse o monsenhor Silvano Tomasi, representante da Santa Sé nas Nações Unidas.

A apresentação do Vaticano no Comitê da ONU de Direitos Humanos das Crianças é a primeira oportunidade da Igreja Católica participar de um debate público focado nos abusos sexuais de menores cometidos por sacerdotes.

Papa afasta Dom Odilo e outros cardeais de comissão do banco do Vaticano

EUA também teriam espionado o Vaticano e o Papa Francisco

Vaticano faz recall de medalhas do papa com nome de Jesus errado

 

Últimas