Internacional Veículo invade desfile nos EUA e deixa cinco mortos e 40 feridos

Veículo invade desfile nos EUA e deixa cinco mortos e 40 feridos

Incidente ocorreu durante uma parada natalina, na cidade de Waukesha, em Wisconsin; uma pessoa foi detida

AFP
Policiais buscam evidências depois que um veículo invadiu um desfile natalino nos EUA

Policiais buscam evidências depois que um veículo invadiu um desfile natalino nos EUA

Reuters - 21.11.2021

Ao menos cinco pessoas morreram e 40 ficaram feridas quando um veículo invadiu no domingo (21) à noite um desfile de Natal no estado de Wisconsin, região norte dos Estados Unidos, informou a polícia.

"Podemos confirmar que cinco pessoas morreram e 40 estão feridas. Porém, esses números podem mudar à medida que coletamos mais informações", afirmou a polícia da cidade de Waukesha em um comunicado. Uma pessoa foi detida.

O incidente aconteceu pouco depois das 16h30 locais (19h30 de Brasília), durante o desfile anual em Waukesha, subúrbio de Milwaukee.

"Um veículo SUV invadiu nossa parada de Natal, que estávamos realizando no centro da cidade", afirmou o chefe de polícia, Dan Thompson. 

Ele disse que uma pessoa foi detida e que a polícia apreendeu o veículo envolvido. As forças de segurança não identificaram outras ameaças. Um agente atirou contra o veículo em uma tentativa de parar o carro, segundo as autoridades. 

Inicialmente, 11 adultos e 12 menores de idade foram levados para seis hospitais da região, informou o comandante do Corpo de Bombeiros, Steven Howard. 

As escolas permanecerão fechadas nesta segunda-feira (22) e algumas rodovias estão bloqueadas, informou Thompson, enquanto a investigação prossegue. O FBI anunciou que está auxiliando as autoridades locais.

O presidente Joe Biden foi informado, e a Casa Branca "monitora de perto a situação em Wauskesha. Nossos corações estão com todos os que foram afetados por este incidente terrível", disse um funcionário da Presidência.

"Entramos em contato com as autoridades estaduais e locais para oferecer o apoio e assistência necessários", completou.

Gritos ensurdecedores

Angelito Tenorio, que é candidato ao cargo de tesoureiro do estado de Wisconsin, estava no desfile e contou ao Milwaukee Journal Sentinel que "viu um SUV passar, acelerar e passar voando a toda velocidade pelo trajeto da parada".

"E então ouvimos um estrondo forte e gritos ensurdecedores das pessoas que foram atingidas pelo veículo", acrescentou.

O Journal Sentinel informou que imagens mostram a caminhonete avançando em grande velocidade contra a parada natalina, atrás da banda de música de uma escola.

"Tudo que ouvi foram gritos e depois pessoas gritando o nome dos filhos", declarou ao canal CNN Angela O'Boyle, outra testemunha que mora próximo do local do desfile.

O governador de Wisconsin, Tony Evers, disse que ele e sua esposa estavam "rezando por Waukesha" e por "todas as crianças, famílias e membros da comunidade afetados por este ato sem sentido".

Vários congressistas expressaram condolências, incluindo os dois senadores do estado, a democrata Tammy Baldwin e o republicano Ron Johnson. 

A tragédia aconteceu em uma semana conturbada no estado de Wisconsin, após a absolvição do adolescente Kyle Rittenhouse, que matou a tiros dois homens durante os protestos contra a brutalidade policial no ano passado em Kenosha, que fica a 80 quilômetros de Waukesha.

Últimas