Internacional Artista planta 'floresta fantasma' no Madison Square Park, nos EUA

Artista planta 'floresta fantasma' no Madison Square Park, nos EUA

A intenção de Maya Lin é conscientizar as pessoas sobre o desmatamento os impactos das mudanças climáticas

A designer arquitetônica e artista Maya Lin instalou no Madison Square Park, em Nova York, nos EUA, sua primeira exposição temporária para conscientizar sobre o desmatamento e a mudança climática usando troncos de árvores mortas.

Trata-se de uma floresta fantasma onde todas as árvores morreram devido à mudança climática, e a artista pretende conscientizar sobre a ameaça da elevação dos mares.

"Este é um bosque de cedros do Atlântico. Todos eles - os 49 - são vítimas da inundação por água salgada da elevação dos mares em razão da mudança climática. Mudança climática é um fenômeno que está acontecendo muito rápido. Um dos fenômenos, tragicamente, é o que está matando florestas no mundo todo. Elas são chamadas 'florestas fantasmas'. Sinto como se o tempo estivesse se esgotando”, destacou Maya Lin, Designer arquitetônica e artista

As árvores são de Pine Barrens, 160 km ao sul de Nova York. A floresta ficará exposta por 6 meses e o acesso é gratuito.

Últimas