Internacional Socorristas correm contra o tempo após deslizamento no Japão

Socorristas correm contra o tempo após deslizamento no Japão

Mais de 72 horas desde a catástrofe que atingiu uma cidade na região central, paradeiro de diversas pessoas ainda é desconhecido

Cerca de 1.100 socorristas japoneses correm contra o tempo para encontrar sobreviventes do grande deslizamento de terra em Atami, cidade na região central do país. A tragédia foi provocada por fortes chuvas e destruiu dezenas de casas e construções.

A esperança de encontrar pessoas com vida, após o período de 72 horas que segue a catástrofe, diminui drasticamente. De acordo com especialistas, este período chegou ao fim na manhã desta terça-feira (6).

O balanço oficial até o momento registra quatro mortes, mas as autoridades enfrentam dificuldades para localizar desaparecidos porque muitas casas da região são usadas como residências secundárias. O canal público NHK informou que a lista de moradores que podem ter sido atingidos inclui 29 pessoas.

O deslizamento de terra aconteceu no sábado (3), após vários dias de fortes chuvas em Atami, um balneário cercado por montanhas. Imagens filmadas a partir de helicópteros mostram um rio de lama e rochas de quase dois quilômetros que segue até o mar.

Últimas