Internacional Tailândia acolhe na fronteira grupo que fugia de conflito em Mianmar

Tailândia acolhe na fronteira grupo que fugia de conflito em Mianmar

Pessoas que chegaram ao país nesta terça-feira (30) receberam atendimento de profissionais da saúde

A Tailândia presta atendimento médico na fronteira com Mianmar. Diversas pessoas que fugiam do conflito no país vizinho foram autorizadas a entrar em território tailandês para receberem atendimento médico.

"Não como nada há dois dias seguidos. Também estava sangrando na minha cabeça. Não recebi nenhum atendimento médico durante os dois dias inteiros porque estávamos fugindo” destaca o paciente Sel Khu Mu.

O Ministério das Relações Exteriores da Tailândia negou ter qualquer política para recusar refugiados após rumores de que o país estaria enviando de volta a maioria dos que estão fugindo de Mianmar.

Pesados confrontos eclodiram no fim de semana perto da fronteira entre os 2 países entre o Exército de Mianmar e combatentes da mais antiga força de minoria étnica do país.  Este grupo teria se refugiado em uma caverna na floresta para escapar dos ataques aéreos dos militares.

Ao menos 521 civis já foram mortos em Mianmar em quase 2 meses de revolta contra um golpe de Estado.

Últimas