Terror na Europa
Internacional Vítimas de sequestro de mercado na França têm fotos reveladas

Vítimas de sequestro de mercado na França têm fotos reveladas

Dois reféns mortos no atentado tiveram suas fotos liberadas pela polícia

Vítimas de sequestro de mercado na França têm fotos reveladas

Yoav Hattab (direita) e Yohan Cohen foram mortos durante sequestro em mercado de Paris

Yoav Hattab (direita) e Yohan Cohen foram mortos durante sequestro em mercado de Paris

Reprodução/Daily Mail

Duas das vítimas do sequestro ao mercado de produtos para judeus tiveram suas fotos divulgadas neste sábado (10). As famílias do tunisiano Yoav Hattab, de 21 anos e Yohan Cohen, de 22 anos liberaram imagens de seus parentes mortos durante o atentado. Também faleceram durante o ataque Philippe Braham e François-Michel Saada.

Segundo informações publicadas no jornal Daily Mail, o vice-prefeito do subúrbio onde Cohen, Francois Pupponi, morava teve contato com a família da vítima.

— Ele era um bom garoto. Eu o conhecia de vista. A tragédia afeta toda a cidade e a comunidade judaica.

Ataque em Paris foi "armadilha para chamar a atenção", diz especialista

Sequestrador de supermercado foi 'traído' por telefone 'mal desligado', diz jornal

Os suspeitos Amedy Coulibaly e sua namorada Hayat Boumeddiene invadiram um mercado judeu e ameaçaram matar os reféns. A dupla pedia a libertação de Chérif e Said Kouachi, irmãos suspeitos do ataque ao semanário satírico Charlie Hebdo, que aconteceu na última quarta-feira (7).

Coulibaly foi morto durante ação da polícia e Boumeddiene está foragida. Segundo a imprensa francesa ela já estaria na Síria.