Eleições EUA 2020

Internacional Votação antecipada nas eleições dos EUA chega a 90 milhões

Votação antecipada nas eleições dos EUA chega a 90 milhões

Disputa entre Trump e Joe Biden pela presidência do país deve ter maior taxa de comparecimento às urnas em mais de um século

Reuters - Internacional
Voto antecipado nos EUA já equivale a 65% do comparecimentos de 2016

Voto antecipado nos EUA já equivale a 65% do comparecimentos de 2016

Reuters

Mais de 90 milhões de norte-americanos votaram na eleição presidencial dos Estados Unidos, de acordo com uma contagem do Projeto Eleições EUA da Universidade da Flórida, neste sábado (31), abrindo caminho para a maior taxa de participação em mais de um século. 

Saiba por que elefante e burro são os símbolos dos partidos dos EUA

O ritmo recorde, cerca de 65% do comparecimento total em 2016, reflete o intenso interesse na votação, na qual o presidente Donald Trump, um republicano, enfrenta o candidato democrata Joe Biden. 

Um grande número de pessoas votou pelo correio ou nas seções eleitorais pessoalmente em meio a preocupações com a exposição ao coronavírus em locais de votação lotados no dia da eleição, na próxima terça-feira. 

Trump está atrás de Biden nas pesquisas nacionais em meio a críticas ao tratamento do governo Trump com a Covid-19, que matou quase 229.000 pessoas nos Estados Unidos. Os números de novas infecções estão quebrando recordes diários. 

Os democratas detêm uma vantagem significativa na votação antecipada devido à adoção de cédulas postais, que os republicanos historicamente lançam em grande número mas têm evitado em meio a ataques repetidos e infundados de Trump, que afirma que o sistema está sujeito a fraudes generalizadas.

Especialistas preveem que a participação ultrapassará facilmente os 138 milhões que votaram em 2016. Apenas 47 milhões de votos foram enviados antes do dia da eleição há quatro anos.

Em 20 Estados com dados de registro partidário, 19,9 milhões de democratas registrados já votaram, em comparação com 13 milhões de republicanos e 10,1 milhões sem filiação partidária. Os dados não mostram para quem os votos foram lançados. 

Veja quais famosos norte-americanos votaram antecipadamente

Últimas