Washington anuncia toque de recolher por conta de protestos

Cidadãos devem estar dentro de casa entre as 19h e 6h. Apenas trabalhadores essenciais, quem estiver trabalhando ou votando podem sair

Washington decreta toque de recolher

Washington decreta toque de recolher

Jeenah Moon/Reuters - 1.6.2020

Depois de Nova York e Los Angeles, a capital dos EUA, a cidade de Washington também decretou toque de recolher por conta dos protestos contra racismo.

A decisão foi anunciada pela prefeita, Muriel Bowser, nesta terça-feira (2) e o estado de sítio começará às 19h e terminará às 6h de quarta-feira (3).

Leia também: Pentágono eleva nível de alerta nos EUA por conta de protestos

"O toque de recolher é as 19h. E isso não significa que você vai sair [dos protestos] às 19h, isso significa que não é para você estar na rua nesta hora", disse a prefeita, segundo a CNN

"É muito importante que todo mundo cumpra o toque de recolher. Existem exceções. Se você é um trabalhador essencial, se você está trabalhando, se você está votando, então você pode fazer todas essas coisas. Mas nós estamos pedindo que as pessoas cumpram o toque de recolher", concluiu.

A cidade é um dos focos de protestos, que começaram na semana passada depois que um homem negro foi assassinado pela polícia, com grandes marchas e manifestações na frente da Casa Branca, o que fez com que a sede do governo dos EUA entrasse em "lockdown" na semana e que Trump fosse levado a um bunker.