Vítimas são ouvidas pelo MP por suposto assédio sexual de médico do TJ-GO

"Eu vou ali no cantinho e abaixo as calças, aí é só alegria", seria uma das frases ditas pelo acusado à uma das mulheres O post Vítimas são ouvidas pelo MP por suposto assédio sexual de médico do TJ-GO apareceu primeiro em Jornal Opção.

"Eu vou ali no cantinho e abaixo as calças, aí é só alegria", seria uma das frases ditas pelo acusado à uma das mulheres O post Vítimas são ouvidas pelo MP por suposto assédio sexual de médico do TJ-GO apareceu primeiro em Jornal Opção.

“Eu vou ali no cantinho e abaixo as calças, aí é só alegria”, seria uma das frases ditas pelo acusado à uma das mulheres

Jornal Opção

Jornal Opção

Jornal Opção

Foto: Reprodução

Começam a ser ouvidas nesta sexta-feira, 18, pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), as testemunhas do processo administrativo contra o médico Ricardo Paes Sandré. Ele exercia a função de diretor do Centro de Saúde do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO);

O ginecologista é suspeito de assediar sexualmente e moralmente de pelo menos 80 funcionárias e servidoras do órgão, que em depoimento contaram que escutavam do profissional frases como “Se você quiser um p… amigo, eu estou disponível”. “É simples: eu vou ali no cantinho e abaixo as calças, aí é só alegria!”. “Ih, lá embaixo deve estar cheio de teia de aranha”.

O médico, que é genro do presidente do Tribunal de Justiça, Gilberto Marques Filho, nega as acusações. O caso é investigado desde maio de 2018. Ricardo Paes reclamou junto ao  Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), que pediu que o caso fosse apurado pela corregedoria regional do MP-GO.

O post Vítimas são ouvidas pelo MP por suposto assédio sexual de médico do TJ-GO apareceu primeiro em Jornal Opção.