Ex-presidente do Flamengo é denunciado pelo MPRJ por incêndio no Ninho do Urubu

O Ministério Público do Rio de Janeiro vai denunciar o ex-presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello pelo incêndio no Ninho do Urubu, no ano passado. O ex-dirigente poderá responder por incêndio culposo, quando não há intenção de matar, pela morte de dez atletas, além de outros três feridos. As investigações ainda apontam a responsabilidade de integrantes da antiga e também da atual gestão do Flamengo. Para o Ministério Público, houve uma série de condutas imprudentes e negligentes praticadas pelos indiciados. A denúncia também se estende aos prestadores de serviços, responsáveis por adaptar os contêineres incendiados como dormitório. Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.