CPI da Covid

Boletim JR 24H Justiça autoriza a condução coercitiva do empresário Marcos Tolentino à CPI da Covid

Justiça autoriza a condução coercitiva do empresário Marcos Tolentino à CPI da Covid

Ele faltou no primeiro depoimento que foi intimado alegando problemas de saúde

Depois de faltar ao depoimento marcado na CPI da Covid, justificando que estava com problemas de saúde, o empresário Marcos Tolentino não poderá faltar à sessão desta terça-feira (14). Isso porque a justiça federal do Distrito Federal autorizou a condução coercitiva de Tolentino, caso seja necessário. Ele é apontado pelos senadores como um dos envolvidos no processo de compra da vacina Covaxin.

Veja também nesta edição do Boletim JR 24 Horas: Salvador (BA) anuncia que vai exigir passaporte de vacinação; Belém (PA) retoma as aulas na rede municipal de ensino.

Últimas