Tóquio 2020

Boletim JR 24H Maioria das capitais tem retorno às aulas presenciais, mas frequência não é obrigatória

Maioria das capitais tem retorno às aulas presenciais, mas frequência não é obrigatória

Os protocolos sanitários, como distanciamento e uso de máscara, seguem obrigatórios e as unidades de ensino passam a oferecer a merenda de forma integral

Alunos de pelo menos 15 capitais voltaram às aulas nesta segunda-feira (2), a maioria delas no formato híbrido: com aulas presenciais e remotas. No Rio de Janeiro, metade dos alunos estuda presencialmente em uma semana, enquanto a outra metade fica no ensino online. Os protocolos sanitários, como distanciamento e uso de máscara, seguem obrigatórios e as unidades de ensino passam a oferecer a merenda de forma integral. Nesta edição do Boletim JR 24 Horas, veja também: Depois de duas medalhas, Rebeca Andrade fica de fora do pódio no solo em Tóquio.

Últimas